de de

O lado bom da vida - Matthew Quick

Um dia desses estava eu sem coragem de fazer qualquer coisa e resolvi procurar filmes completos no YouTube, eis que encontrei "O lado bom da vida", vi o trailer e resolvi assistir o filme. Adorei o filme! Como não havia pesquisado nada sobre ele antes estava achando que já era um filme antigo, mas qual não foi minha surpresa ao descobrir que o filme é muito recente e ele ainda foi baseado em um livro!

Óbvio que eu precisava ler esse livro.

Então terminei de ler o livro e tive que assistir o filme de novo para poder anotar as diferenças, pois são muitas. Mesmo assim, tanto livro quanto filme são ótimos.

Fonte

Sinopse

O livro conta a história de Pat Peoples, um homem que passa um período em um hospital psiquiátrico afastado de sua família e de sua ex-esposa Nikki. Ao sair do hospital ele vai morar com os pais, não possuindo autorização judicial para se aproximar de sua ex-mulher ele encara isso como "o tempo separados". Pat tenta ver o lado bom de tudo e procura fazer muitos exercícios físicos para continuar tendo controle emocional sobre si mesmo e para ter um corpo bonito para Nikki. Também resolve ler os clássicos literários que Nikki (professora de literatura) ensina para seus alunos, na esperança que, ao reencontrá-la, ele consiga impressioná-la com sua recente erudição.

Opinião sobre o livro


O livro é narrado em primeira pessoa e isso, por si só, já tornaria o filme mais amplo por trazer uma visão de todas as personagens (que não viesse apenas da cabeça do próprio Pat), mas eu achei que foi fundamental a narração em primeira pessoa, pois se fosse em terceira pessoa não teríamos tido no livro um aprofundamento tão grande na mente de Pat (provavelmente).

É muito bonito no livro o quanto ele se dedica e o quanto ele pensa em Nikki a todo momento. Ele busca sempre fazer o seu melhor e tratar as pessoas da melhor maneira possível para que, quando acabe o "tempo separados" Nikki possa perceber o quanto ele mudou e o quanto ele consegue valorizá-la.

Tanto no livro quanto no filme Pat faz uma crítica à literatura clássica que traz histórias muito tristes e deprimentes (ele também revela o final de alguns clássicos) e é impossível não concordar com ele que alguns livros são realmente deprimentes. Mas alguém diz pra ele (não me lembro quem) que é importante ler sobre o lado ruim da vida para aprendermos que nem tudo será fácil e lindo como nos contos de fadas, e também para podermos entender o que acontece à pessoas que têm problemas mentais por exemplo, para que possamos aceitá-las e entendê-las melhor.

Achei muito engraçado uma parte no livro onde ele termina de ler o livro de Hemingway, Adeus às armas, e diz: "E, se ele ainda fosse vivo (o autor), eu escreveria uma carta para ele agora mesmo e ameaçaria estrangulá-lo até a morte com minhas próprias mãos, só por ele ser tão deprimente. Não é à toa que ele se matou com um tiro na cabeça, como diz o ensaio introdutório."

Na verdade o autor do livro (Matthew Quick) é fã de Ernest Hemingway e talvez tenha inserido essa crítica de Pat Peoples para explicar a tristeza das histórias clássicas para pessoas que tenham a mesma opinião.

No livro a história se desenvolve mais devagar e eu gostei disso porque aparenta mais realidade do que aparenta no filme, no entanto, acredito que se o filme tivesse sido feito no mesmo ritmo do livro não teria feito tanto sucesso.

Tem uma parte onde ele resume os dias em que esteve ensaiando para a apresentação de dança e é muito engraçado o resumo que ele faz. Tem várias repetições, mas faz parte da rotina dele e ficou muito bem encaixado.

Gostei da "competição" de dança que eles participam e também da coreografia e muito da música. Ri apenas imaginando a maneira como ele deveria ficar na dança. (Pena que no filme a coreografia e a música sejam outras).

Uma parte em que o livro fica monótono é a parte das cartas, mas talvez fosse necessário, não sei, não consegui chegar à uma conclusão.

Por ser uma narração em primeira pessoa senti falta da visão dos outros personagens, principalmente das personagens femininas (Nikki, Tifany e sua mãe), mas faz parte desse tipo de narração e como já disse no princípio, deu muito certo com a proposta do livro.

Atenção! Spoilers logo abaixo!!
SPOILER LOGO ABAIXO - O que quer dizer Spoiler?? (Fonte da imagem e explicação)
Gostei muito da cena em que Tifany conta a verdade para Pat sobre as cartas e também de tudo o que acontece depois disso. É muito lindo essa parte e também a parte final do livro quando os dois ficam juntos e o "Eu te amo" deles na verdade é um "Eu preciso de você", que faz todo sentido para a história. Também é a parte em que Pat percebe mais intensamente que Nikki não faria por ele o que a Tifany fez. (Pena que no filme eles tenham trocado isso pela cena clichê).

Opinião sobre o filme


Eu adorei o filme, ficou muito divertido e os atores são ótimos. A história flui muito bem e é fácil perceber que o casal está se aproximando e que o relacionamento deles não é comum.

Um ponto que me fez gostar muito do filme (além do já mencionado) é que eles não tem aquele amor romântico e iludido, na verdade os dois já passaram por problemas sérios na vida e estão tentando encontrar o caminho para continuar sãos. Assim, eles se apoiam e percebemos que Tifany é responsável por despertar Pat da ilusão de que ele e sua ex-esposa dariam certo. No filme não fica tão perceptível, mas no livro podemos ver claramente que Pat e Nikki são bastante incompatíveis.

Achei meio clichê aquela história da mocinha sair correndo e o mocinho ir atrás para dizer que ama ela e blá blá blá, fora isso foi tudo divertidíssimo.

Achei que Jennifer Lawrence mereceu o Oscar de melhor atriz porque ela realmente foi ótima nesta personagem e muito diferente da Katniss (Jogos Vorazes) e da Mística (X-Men Primeira Classe), que foram os papéis dela que eu já tinha assistido.

Diferenças entre o filme e o livro

Achei muito bom eu ter visto primeiro o filme e depois lido o livro, porque ficaria decepcionada se tivesse lido o livro e depois assistido o filme, não porque o filme seja ruim, mas porque tem várias diferenças em relação ao livro que, na minha opinião, tornam o filme menos profundo.

Algumas pessoas preferiram o filme ao livro, outras preferiram o livro ao filme, mas eu acredito que eles fizeram duas histórias tão diversas que não tem como comparar.

Se você não viu o filme e nem leu o livro eu aconselho primeiro ver o filme e depois ler o livro. Se você não gosta de spoiler não leia esta parte.

Acredito que o filme tenha tentado destacar mais o lado maluco/inconveniente dele e também tentado destacar e romantizar mais a relação dele com Tifany, no entanto isso faz com que o caráter dele fique bem diferente. Isso pode ser também devido ao fato de que no livro não sabemos realmente como ele se comporta, apenas temos o relato dele mesmo sobre isso. Mas ainda acho que o filme é mais comédia romântica por causa do apelo comercial.

No filme o amigo negro Danny aparece desde o começo, sempre tentando escapar do hospital utilizando alguma lei inventada ou não, mas no livro ele só aparece no final morando com uma tia e já liberado do hospital. A presença de Danny desde o início do livro se dá pela memória de Pat, que volta e meia, relembra alguma frase do amigo.

No livro os olhos dele são castanhos e ele parece ser muito mais forte do que Bradley Cooper pela quantidade de exercícios que faz (nada contra o corpo perfeito do Bradley).

Enfim, são tantas diferenças que eu fiz uma tabela. Que mesmo tendo ficado enorme ainda não contém todas as diferenças!

Atenção! Spoilers logo abaixo!!
SPOILER LOGO ABAIXO - O que quer dizer Spoiler?? (Fonte da imagem e explicação)

No livro No filme
Não existe nenhum tipo de aposta. O pai dele controla apostas para os jogos de futebol americano e também para o concurso de dança.
Ele não é inconveniente e sempre tenta ser muito gentil e falar a coisa certa para não magoar ninguém. Ele é mais agressivo e não se importa de falar a verdade na frente de todo mundo.
O pai dele não quer falar com ele e mal olha para ele. O pai dele quer muito que eles conversem e que ele fique para assistir os jogos.
Ele sempre está junto com a família para assistir aos jogos. Com excessão do período de ensaio para o torneio de dança. O pai dele sempre pede para eles assistirem os jogos juntos, mas ele nunca assiste.
Ele sai do hospital sem lembrar o que o fez ir para lá e o porquê do "tempo separados". Ele sabe que ele foi parar no hospital por causa da agressão ao amante da esposa.
Ele pega Nikki traindo ele quando volta para casa mais cedo porque o treino de basquete foi cancelado porque a quadra estava alagada. Ele pega Nikki traindo ele porque volta para casa mais cedo depois de uma discussão com a diretora da escola.
Não lembro do autor ter mencionado outros incidentes antes do ataque de raiva ao amante. É mencionado outros ataques de raiva dele antes do episódio do chuveiro.
Não tem policial na cola dele. Tem um policial na cola dele.
Não tem estudantes querendo fazer pesquisas sobre ele. Tem um estudante querendo fazer pesquisas sobre ele.
Ele não tenta ligar ou ir até a casa ou trabalho de Nikki (apenas no final quando já está bem mais preparado). Ele tenta ir até a escola saber notícias da Nikki e quer sempre que alguém lhe empreste o celular para ligar para ela.
Quando encontra seu amigo Ronnie pela primeira vez ele corre mais rápido e ignora o chamado do amigo. Quando encontra Ronnie pela primeira vez ele vai lá e puxa conversa.
O Dr. Patel parece bem mais compreensivo e divertido. O Dr. Patel é mais sério e desde sempre diz que ele não fazer conseguir ficar com a Nikki.
Para se controlar ele conta até 10. Ele não tem estratégia de controle.
O nome do jogador novato dos Eagles é Hank Baskett. O nome do jogador novato dos Eagles é DeSean Jackson.
A esposa de Ronnie é atenciosa e compreensiva. A esposa de Ronnie é esnobe.
Ronnie não comenta nada de estar sufocado pelo casamento. Ronnie comenta que está sufocado pelo casamento e suas obrigações como marido e pai.
Eles não conversam muito no jantar na casa de Ronnie. Eles conversam no jantar.
No geral eles também quase não conversam. Eles conversam bastante (em relação ao livro).
Ao deixar Tifany em casa depois do jantar na casa de Ronnie, Tifany e Pat choram juntos e ficam abraçados por uns 10 minutos. Ela chora e o abraça, dando um tapa logo em seguida e indo para casa.
Mostra que ele toma muitos tipos de medicamentos. Não parece que ele toma tantos medicamentos.
Tem algumas cenas de Pat e Emily (filhinha de Ronnie) que são muita lindas. Não existe essa ligação emocional no filme.
Ele é totalmente obcecado pela Nikki e demora muito para aceitar o fato de estar gostando de Tifany. Ele ainda gosta da Nikki, mas a transição para a aceitação do amor de Tifany é bem mais rápida.
O Dr. Patel sugere que ele convide Tifany para jantar para que ela largue do pé dele. O Dr. Patel sugere que ele se aproxime de Tifany para ajudá-la e assim impressionar Nikki.
A mãe de Pat se torna amiga de Tifany. Não existe essa amizade no filme.
Tifany detesta futebol e não sabe nada a respeito dos jogos. Quando Tifany vai falar com Pat sobre ele ter faltado ao ensaio ela comenta sobre os jogos.
Ele pede cereal no jantar porque tem medo que o dinheiro não dê para pagar toda a janta. Ele pede cereal no jantar para que ela não pense que é um encontro.
Ela usa maquiagem forte (olhos e boca). Ela usa apenas delineador nos olhos, mas não batom forte.
Quem sugere escrever cartas para Nikki é Tifany. Quem sugere escrever cartas para Nikki é Pat.
Ele pensa que Tifany é muito bonita e muito nova para ele. Ele pensa que Tifany é bonita, mas que é mais maluca que ele.
Não existem outros homens atrás de Tifany. Existem homens atrás da Tifany.
A "competição" de dança na verdade é apenas um festival de "Dança contra a Depressão". É realmente uma competição de dança.
Dá a entender que ela dança bem. Eles dançam uma dança muito sem noção (muito divertida, mas sem técnica).
Ele não ganha Ipod. Ronnie dá seu antigo Ipod para Pat.
O irmão dele é seu grande amigo, o acompanha nos jogos e se preocupa com ele. O irmão dele é um grande babacão que joga na cara dele que tem noiva, casa e emprego.
Tifany era casada há 10 anos quando o marido morre. Tifany era casada há 3 anos quando o marido morre.
Pat tem uma academia no porão e passa muito tempo por lá. Não aparece a academia de Pat no filme.
Ele ama futebol americano, especialmente os Eagles. Não dá a entender que ele seja muito chegado à futebol americano.
Eles fazem o grito de guerra dos Eagles a todo momento. Não fazem.
A mãe dele faz greve para que o pai dele mude de atitude. O pai dele já tem atitudes muito diferentes do pai dele no livro.
Tifany conta para Pat que quem escreveu todas as cartas foi ela, porque ela queria que ele esquecesse Nikki de vez e ficasse com ela. Ele descobre sozinho que Tifany é quem escreve as cartas, mas revela isso à ela apenas depois da competição em forma de uma declaração de amor.
Ele chora muitas vezes. Ele não chora, apenas fica um pouco desesperado às vezes.
Nikki já está casada com o ex-amante e eles tem dois filhos. Nikki, aparentemente, está solteira.
Nikki nem se dá conta da saída de Pat do hospital e aparece na história apenas uma vez quando Pat a observa de longe. Nikki vai assistir a competição de dança e Pat ainda vai conversar com ela, aparentemente dizendo que está apaixonado pela Tifany.
A coreografia inclui Pat sem camisa e com um colan amarelo (ele é a representação do Sol). Ele usa uma roupa social e ela usa um colan branco com um top branco.
Muitas coisas acontecem depois do torneio de dança. O filme acaba depois do torneio de dança.
A música que eles dançam é de Bonnie Tyler (Total Eclipse of the Heart). Primeiro dançam um bolero, depois um rock e por último uma música lenta que não sei qual estilo tem.
O sobrenome de Pat é Peoples. O sobrenome de Pat é Solitano Jr.
O salto que eles fazem na dança dá certo. O salto que eles fazem na dança não dá certo. (Fica muito engraçado)

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Oi adorei, muito obrigado...mas se vc gosta de situações inusitadas, vc vai amar o livro reverso...ele traz revelações das escrituras sagradas nunca antes reveladas.... e ainda poem em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ao mesmo tempo inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos..acesse o link e digite a palavra reverso e de uma conferida na sinopse do livro...ha a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir