de de

Mundo Estranho ed. 148


http://www.assine.abril.com.br/portal/assinar/revista-mundo-estranho?origem=google_11_Revista_Mundo_Estranho&codCampanha=DF5C&utm_source=google&utm_medium=cpc&utm_campaign=google_11_Revista_Mundo_Estranho&gclid=CISt9cn3pbwCFRNp7AodHmIAVA
Site da Revista
Segundo ano que assino a revista Mundo Estranho e toda edição eu não me arrependo nem um pouco.
A revista é direcionada para o público adolescente, mas como eu, aparentemente nunca vou perder meu espírito infato-juvenil ainda leio e adoro. A edição 148 trouxe vários assuntos interessantes e várias curiosidades que vou comentar.


No site da revista (link logo abaixo da figura da capa) é possível conferir várias outras curiosidades nos blogs disponíveis e ainda procurar as matérias pela classificação. O que eu adoro, além das matérias são as figuras e a maneira como a revista é diagramada. Se você é adolescente ou tem filhos adolescentes essa revista é uma ótima pedida.

Abaixo vou resumir algumas matérias que gostei e, se disponível, o link para o site da revista que tratou desta matéria.

A matéria da capa é sobre os gênios que já existiram e que ainda existem. Trata das características de cada um e o que eles tem de diferente em relação às pessoas normais. Alguns dos citados: Albert Einstein, Wolfgang Amadeus Mozart, Barbara McClintock, Leonardo da Vinci, Oscar Niemeyer, Marie Curie, dentre outros. Além dos gênios também traz algumas pessoas que tem determinadas capacidades mesmo não tendo QI acima da média, alguns inclusive possuem um QI abaixo da média.

Outra matéria muito interessante é "Reais ou Inventados?" que traz um resuminho sobre vários personagens e se eles realmente existiram, se não existiram onde foram inspirados. Alguns: Pocahontas, Tio Sam, Mulan, Rei Artur, Barba Negra, Nicolau Flamel, Hércules, etc.

de de

Super interessante Ed. 328

Finalmente consegui assinar a Super Interessante! É uma revista que eu sempre gostei, mas não tinha tempo (R$) para assinar...
Então final do ano passado descobri que conseguiria assinar revistas da Editora Abril com os pontos que tenho de vendas de produtos e de campanhas que a agência participa.

Mais ou menos a minha cara quando descobri kkkkk - Fonte da imagem
Então resolvi comentar as edições da revista porque é interessante demais para não ser compartilhado.
A revista já começa bem logo no índice (gostaria de escanear e colocar aqui, mas acho que não posso fazer isso por conta de direitos autorais), ao invés de apresentarem aquela listinha chata ou aqueles quadrados com fotos e sinopses das matérias eles fizeram um infográfico (acho que é isso...) dividindo as seções e as reportagens em partes de uma meia lua (dependendo do tamanho da matéria ou seção era o tamanho de sua parte no infográfico). Além de ser criativo era colorido e não faltava nenhuma informação.

Para quem quiser ver o índice (em forma de lista mesmo) e conferir o que estava presente na revista clique aqui.


Como a revista traz muitas informações eu vou começar falando fatos curiosos e interessantes que eu aprendi nesta edição:

de de

Minhas histórias

Nos links abaixo você encontra algumas postagens que são partes de histórias que fiz/estou fazendo.




de de

Livro: A porta das sete chaves - Edgar Wallace

Fonte
A primeira vez que li esse livro eu tinha em torno de 13 ou 14 anos. Eu adorei demais, mas como eu só pegava emprestado da biblioteca do meu bairro eu não achei outros livros do mesmo autor e acabei ficando apenas nesse. Então recentemente comprei vários livros na Estante Virtual, livros que eu já tinha lido e queria reler e livros que eu ainda não tinha lido, este estava entre eles.

Reli ele hoje e achei muito bom, mas como já li outros livros policiais não achei tão fenomenal como achei quando tinha 13/14 anos. De qualquer forma é um livro muito bom para passar o dia lendo.


Conta a história de um detetive da Scotland Yard que está em seu último dia de serviço, mas acaba pegando uma história que vai dar muito pano pra manga. Confesso que, às vezes, se tornou meio complicado acompanhar a história por causa das palavras complicadas e da descrição do cenário (que eu, por vezes, não conseguia mentalizar), mas isso pode ser devido ao fato de eu ter passado muito tempo sem ler um livro antigo. Enfim, vou ler outros livros de Edgar Wallace, porque achei a história bem escrita e a trama se fecha perfeitamente no final. Ainda tem um toque de romance, apesar da mocinha ser um pouco frágil demais para o meu gosto (mas o que esperar de um livro escrito por um homem em 1926?).

O que eu gosto muito em histórias policiais é justamente o mistério que só é resolvido no final. No caso de "A porta das sete chaves" não é a busca pelo assassino que nos instiga mais, mas sim o que se esconde atrás da porta com sete fechaduras e quais as pessoas envolvidas nesse mistério. 

Como li esse livro este ano depois de ter lido "Morte Súbita" da J.K. Rowling e "A culpa é das estrelas" de John Green, achei um livro bastante ameno e que não causa muita emoção, além da já mencionada dificuldade com o vocabulário.

De qualquer forma a história é bem desenvolvida e a trama toda é muito bem trabalhada e bem explicada no final do livro. Se você não tem muito tempo para ler e gosta de histórias que não vão te afetar tanto as emoções essa é uma boa pedida.

Eu ia postar um resumo do livro (o mesmo que eu vou entregar para a faculdade), mas acho melhor fazer isso depois que já tiver sido aceito, como a faculdade é à distância não vai ter como explicar para o professor que o blog é meu e, portanto o resumo também.

Fica apenas a minha opinião, espero que tenham gostado.



Fonte


de de

Ano novo!

Hoje começa mais um ano para mim. É isso. Hoje é meu 25º aniversário e eu estou muito feliz. Embora nos inícios de todos os anos eu sempre crie uma grande expectativa e fique muito esperançosa, esse ano parece que realmente vai ser diferente.

Quando era adolescente todo aniversário eu repensava o ano e percebia como eu havia crescido de alguma forma, mas nos dois últimos anos eu não percebi absolutamente nada.

De qualquer forma eu tenho em mente que esse ano será melhor porque o ano passado foi, não posso dizer terrível, mas também não foi ótimo.

A universidade me passou a perna duas vezes, talvez três se eu considerar a total falta de orientação quando iniciei, em relação à utilização do sistema e à localização das matérias e de todos os recursos que eu tinha disponíveis. Além disso, no meu histórico escolar está escrito que estou na 3º série, quando na verdade, provavelmente sei menos do que a maioria dos estudantes do primeiro ano de letras. Por isso esse ano vou tentar estudar mais, ler mais e escrever mais.

Já li mais livros nas férias do que no ano de 2013 (o que não é muito). Comecei então a utilizar a minha conta no Skoob (http://www.skoob.com.br) colocando os livros que eu tenho e organizando enfim a minha leitura. Vou tentar então resumir os livros que ler, para conseguir horas na faculdade e também porque eu sempre esqueço o que eu achei do livro e qual história ele contava.

Outra coisa que vou tentar fazer este ano é voltar a escrever, também queria dizer que vou voltar a desenhar, mas sei que isso seria uma meta inatingível, então vou ficar apenas com ler, estudar e escrever (o que também não sei se conseguirei).

Acho que por enquanto as novidades são essas, primeiro resumo que vou colocar será de "A porta das sete chaves" de Edgar Wallace.

Fonte