de de

Amor real



Eu quero um amor alucinante, megalomaníaco, totalmente descontrolado. Um amor irresistível e sem rédeas. Que me faça sentir livre e dona do mundo. Dona de tudo aquilo que já me pertence, mas que nunca consegui me apoderar.

Quero um amor, que após o turbilhão, seja minha paz, meu recanto e meu descanso após a luta. Um amor tranquilo que me faça sentir segura e em harmonia com o que há de melhor em mim.

Quero um amor compreensivo e sem limites. Um amor que entenda minhas múltiplas divisões e consiga se locomover por dentre todas elas sem machucar-se, a si ou a mim.

Pra mim, esse seria o meu amor real, o meu amor verdadeiro e duradouro. Seria aquele que eu olharia depois de muito tempo, e agradeceria, sem arrependimentos, cada segundo dedicado a ele.

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Eu amei o amor do seu texto...
    Sua mente é fabulosa!
    E o amor é mesmo um tema infindável...

    ResponderExcluir
  2. Gostei de todo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    xD

    ResponderExcluir